Osechi Ryori: o banquete de Ano Novo

O Japão não tem tradição cristã, e o Natal é só pretexto comercial. É no Ano Novo que as famílias capricham no banquete. O Osechi Ryori é uma culinária essencialmente doméstica, já que praticamente todos os restaurantes e estabelecimentos fecham no início do ano.

O Osechi Ryori tem uma conotação religiosa, de oferenda aos deuses, desejando uma colheita fértil, paz e tranquilidade para a família e prosperidade aos filhos e descendentes.

Todos os alimentos que compõem o Osechi Ryori são acondicionados em sofisticadas caixas laqueadas, chamadas de Jûbako (caixas empilhadas). Aqui, são três caixas justapostas, cheias de iguarias. As caixas, como ficam à disposição das visitas durantes alguns dias, não recebem ingredientes crus.

Os pratos que compõem o Osechi possuem um significado especial na comemoração do ano novo. Alguns exemplos são:

  • Datemaki, um rocambole de omelete doce misturado com pasta de peixe ou camarões amassados. Simboliza um desejo por muitos dias de esperança.
  • Ebi, representa a longevidade, desejando que vivamos até ficarmos corcundas como os camarões.
  • Kamaboko, pasta de peixes grelhada. Tradicionalmente, as fatias de kamaboko vermelho e branco são alternadas nas fileiras ou arranjadas em um padrão. A cor e a forma assemelham-se ao Sol nascente (símbolo do Japão), e têm um caráter de celebração festiva.
  • Kazunoko, ovas de arenque. Kazu significa número e o ko significa “criança”. Simboliza um desejo de prosperidade de todos os membros da família e seus descendentes.
  • Kobu-maki, um tipo de alga. É associado com a palavra yorokobu, significando alegria. Também pode ser interpretado como sucesso acadêmico, sendo representado pela sua forma de um diploma.
  • Kurikinton, é um doce de kuri (castanha japonesa) que deseja um ano farto, simbolizado pela sua cor dourada.
  • Kuro-mame, Soja preta. Mame também significa saúde, simbolizando o desejo de muita saúde no ano novo.
  • Tai, Pargo japonês. Tai é associado com a palavra japonesa medetai, simbolizando um evento favorável.
  • Tazukuri, sardinhas secas cozidas no Shoyu. O significado literal dos caracteres de tazukuri é de para fazer os campos de arroz, porque as sardinhas eram usadas para fertilizar os campos de arroz. O simbolismo é de uma colheita abundante.

História

O termo Osechi se referia originalmente a o-sechi, uma estação ou período importante. O dia de ano novo era um dos cinco festivais anuais da corte imperial em Kyoto. Este costume de comemorar dias particulares foi introduzido por influência da China.

Originalmente, durante os primeiros três dias do ano novo era um tabu usar um forno ou fogueira para cozinhar as refeições, exceto o Zōni (um tipo de sopa com bolinhos de mochi). Assim, o Osechi é feito ao fim do ano precedente, para que as mulheres não cozinhem no ano novo.

No início, o Osechi consistia somente no nimono, vegetais fervidos com shoyu e açúcar ou mirin. Depois de gerações, a variedade de alimentos incluída aumentou. Hoje o Osechi pode ser qualquer comida preparada especialmente para o Ano Novo.

Apesar de ser tradicionalmente preparado em casa, atualmente também é vendido pronto em lojas especializadas, mercearias e lojas de conveniência.

 

Adaptado de http://jojoscope.com/ e http://pt.wikipedia.org/

Os comentários estão desativados.